Barão do Pirapora continua suas Aventuras, lançando Novos Projetos e Jogos

Profissional da educação que apropriou-se de recursos lúdicos e ferramentas de gamificação em suas aulas, o Barão mergulha definitivamente na criação de jogos - Por Kao Tokio

Rodrigo Ayres de Araújo, profissional da educação nas áreas de História e Geografia, tornou-se uma figura conhecida pela alcunha de  ‘Barão do Pirapora’ e por sua didática incomum, que mistura métodos didáticos tradicionais e o uso de jogos para fixar os conceitos em aula. Após um período difícil, em que o preconceito lhe cerrou algumas portas, o Barão, que já foi homenageado pela Câmara de Taubaté e premiado pela Microsoft, entre outras conquistas, volta a atacar, agora com projetos de jogos para a iniciativa privada e projetos pessoais.

O Play’n’Biz conversou com o educador e ouviu as novas aventuras do Barão na criação de recursos lúdicos para facilitação do aprendizado. “Sim, estou com coisas novas! Entrei no Clickideia, e estou pra lançar uma série de games de história gratuitos, no Google Play”, contou, entusiasmado, o professor. Seguem-se alguns trechos da conversa online.

Barao RN“Conheci o Clickideia no final de 2013. Adorei e comecei a trabalhar com eles como Game Designer, já no começo de 2014. A proposta educacional do Portal é muito parecida com o que vinha defendendo lecionando nas escolas, além de encontrar uma identificação com as produções e interatividade. Percebi que minhas produções como cartunista, com animações e nos games educativos encaixariam perfeitamente com o Click”, comentou o mestre, informando estar muito bem assessorado pela equipe do portal, para a execução dos projetos. “Com minha experiência de 20 anos no ensino, colaboro também com o processo de formação dos professores, seja auxiliando no material pedagógico ou diretamente mesmo, como fiz recentemente no Nordeste, onde o Clickideia me enviou para dar formação  aos professores lá no Rio Grande do Norte”, informa.

O projeto mais recente e já disponível online é o jogo Agentes do Destino, concebido como um recurso para o aprendizado da história política do Brasil, da Revolução de 30 até os dias de hoje. “Planejamos uma grande novidade também para o Nordeste, um game de ação baseado na História do Rio Grande do Norte, o Terra de Mártires, destacando uma aventura ambientada na cidade de São Gonçalo do Amarante, onde ocorreu o episódio do Massacre de Uruaçú”, adianta, informando ainda que há outro projeto em 3D a caminho.

Para o Barão, o processo educacional no país tende a ampliar o consumo de ferramentas que façam uso da ludicidade e mecânicas de gamificação no curto prazo. “Eu sinto que estamos prestes a uma onda de produções nacionais que vão dar amparo às novas necessidades das escolas mais ‘antenadas’ que já estão iniciando nessa vanguarda”, diz. “Ainda vão existir certas resistências, mas a mudança virá de uma hora para outra e as escolas, professores e alunos terão que se adaptar. Alguns pedagogos subestimam a tecnologia, professores [ainda] acusam os games de instrumento de alienação e tem alunos que pensam que tecnologia em sala de aula é brincadeira”, pondera o educador.

Barão homenageadoRodrigo Araújo, o Barão, entende que é necessária essa mudança de percepção, através da conscientização dos educadores com relação aos novos processos para o aprendizado. “A sociedade precisa perceber que a tecnologia é nossa aliada. Eu insisto em dizer que precisamos alinhá-la com nossa identidade cultural e essa percepção será fundamental para o sucesso de uma implantação da Educação 3.0. O principal objetivo desse caminho é valorizar o empirismo de cada docente e a partir dele associar as novas tecnologias”, enfatiza.

Para tanto, o profissional permanece focado no desenvolvimento e uso da gamificação e na contramão do ensino conservador e desatualizado, realizando novos projetos. “Estou envolvido com as produções do Clickideia e continuo realizando minhas pesquisas e palestras sobre Gamificação da Pedagogia. Através do portal posso acompanhar de perto a transformação da educação junto a alunos e professores. Esse tipo de proposta tem que ser ampliada cada vez mais nas escolas públicas através das secretarias de educação dos Estados de todo o Brasil”, acredita.

O jogo Agentes do Destino já está disponível na loja online Google Play através do link http://goo.gl/ivo9oj e pode ser utilizado por profissionais de educação e alunos gratuitamente. “Serão cinco jogos no total, todos focados na história política recente do país”, afirmou. “Recomendo que os professores usem em sala de aula para estimular o debate e conscientização política com os alunos. Essas versões poderão ser baixadas em celulares e tablets”, acrescenta.

O profissional também está aberto a projetos especiais e propostas através do email acmestudio@yahoo.com e pela página pessoal no Facebook. O desenvolvimento de seu trabalho contínuo pode ser acompanhado no blog Baú do Barão.

Imagens do jogo Agentes do Destino

Sobre Kao Tokio
Editor de conteúdo do site Play'n'Biz - Pesquisador de novas mídias e entretenimento digital como linguagem e expressão da cultura contemporânea

1 Comentário on Barão do Pirapora continua suas Aventuras, lançando Novos Projetos e Jogos

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*



*