Memória: Christmas NiGHTS into Dreams – o Natal surpresa do Sega Saturn para os fãs do console e do 3D

Lançado como uma sequência de NiGHTS into Dreams, game do console Saturn, da Sega, Christmas NiGHTS into Dreams apresentou elementos inovadores e surpreendentes, masmo tendo apenas duas fases de jogo. Entre as surpresas, a primeira aparição em 3D de Sonic The Headgehog - Por Kao Tokio

O Natal está entre os eventos mais populares do planeta e certamente um dos mais esperados pelas crianças por conta dos presentes e pela figura icônica do Papai Noel, que traz os mimos para quem foi bonzinho(!). Curiosamente, embora o Natal seja a data com a comercialização mais expressiva de consoles e games, são poucos os jogos dedicados ao evento em quaisquer plataformas. Mas foi essa a data de aposta da Sega em 1996, ao apresentar Christmas NiGHTS into Dreams, game bônus lançado naquele final de ano para combater os consoles concorrentes da Nintendo e da Sony.

ChristmasNiGHTS DiscDe fato, à ocasião, a Sega levava uma surra mercadológica de ambas as empresas. O Playstation da Sony, lançado menos de dois anos antes, era a plataforma revelação, desejada por todos os gamers do planeta, a não ser os fiéis nintendistas, que regozijavam com o lançamento naquele mesmo ano do Nintendo 64 e Super Mario 64, marco da história dos games que apresentava o bigodudo italiano explorando de forma surpreendente mundos em 3D e, pela primeira vez, falando com o jogador. Foi nesse contexto que a Sega se viu obrigada a criar algum produto para alavancar seu console, que ainda não possuía nenhum killer app. Nights, o personagem introduzido na história da empresa para o próprio Saturn em meados de 1996, era a escolha perfeita, pela receptividade do game e pelo fato de ter à frente do projeto o lendário produtor Yuji Naka, acompanhado pelo Sonic Team, o primeiro escalão de desenvolvedores da empresa, e Naoto Oshima, designer de personagem.

Sega-Saturn-Nights-Into-DreamsTrata-se na verdade de um jogo demo, oferecido como brinde em revistas de games e nas lojas de brinquedos, de apenas duas fases, mas que explorava as possibilidades de navegação em 3D oferecidas pelo console e estava alinhado com as festividades de fim de ano, algo que poderia chamar a atenção dos pais na escolha dos presentes de Natal da garotada. O game mantém as características do jogo original, mas transporta o jogador a mundos transformados de belos cenários natalinos e músicas temáticas, com paisagens de neve, luzes brilhantes e confeitos. Cada mundo tem uma aparência totalmente diferente, com sinos substituindo estrelas, anéis transformados em guirlandas, e os Ideya Captura remodelados como enormes árvores de Natal lindamente decoradas. O jogo ainda apresenta outros temas de feriados anuais como o Ano Novo e o 1º de Abril. Embora curto, o replay value do game está nos extras que vão de um Sonic jogável um sistema de mixagem de músicas presente no disco. Um dos destaques do lançamento foi o oferecimento de um controle especial, que apresentava um botão analógico para melhor controle do personagem pela tela. O controle, que possuía dois gatilhos, botões tradicionais e um analógico, serviu de base para o que viria a ser o comando definitivo da Sega Dreamcast, o canto do cisne da Sega, que não produziria mais consoles para o mercado de games.

Sonic-Christmas_NiGHTS_into_DreamsOutro pequeno detalhe do game que mostra o cuidado da equipe de produção com o projeto é a identificação da data, que oferece diferenciais dentro do jogo. Ao ligar a Saturn com o disco Christmas Nights em seu interior, se a data jogada corresponde a alguma das festividades presentes no game, o jogador pode conferir certas mudanças no modo de jogo como por exemplo encontrar o pai Natal no dia de Natal, a mensagem “Feliz Ano Novo”, na virada do ano, corações no Dia dos Namorados ou a oportunidade de jogar com Reala, a nêmesis de Nights, no 1º de Abril. A presença de Sonic configura também a primeira aparição em 3D do porco-espinho corredor, antes mesmo do lançamento de Sonic Adventure.

Nights into DreamsUma das considerações mais recorrentes dos sites especializados em games confere ao game a condição de precursor dos DLC, os Downloadable Contents hoje muito comuns em todos os jogos, em uma época em que a internet ensaiava seus primeiros dias de acesso público. O jogo, já fora de catálogo assim como seu console, saiu posteriormente para a plataforma PS2 na compilação Sega Ages e como remake para o Xbox 360 e PS3, podendo ser encontrado também para revenda no site da Amazon (o disco é original, mas já utilizado) e tem versão digital disponível na Steam, da Valve, dentro da versão completa do NiGHTS into Dreams (a extensão Xmas é menor que o original lançado em 1996).
Feliz Natal!

Sobre Kao Tokio
Editor de conteúdo do site Play'n'Biz - Pesquisador de novas mídias e entretenimento digital como linguagem e expressão da cultura contemporânea

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*



*