Semi-finalista no prêmio Brasil Criativo, O Rei das Quentinhas desenvolve o empreendedorismo com simulador de marmitex

Desenvolvedores soteropolitanos criaram game simulador de quentinhas que ensina recursos para se tornar bem sucedido no empreendimento de um pequeno negócio - Por Kao Tokio

De todas as partes do país surgem projetos que buscam aliar a característica lúdica dos games a processos de aperfeiçoamento e aprendizado. No final do ano passado, os desenvolvedores do grupo Arretado Games, da Bahia, torciam para conquistar o prêmio Brasil Criativo com Rei das Quentinhas, game voltado ao empreendedorismo que apresenta o cotidiano de um pequeno negócio do ramo alimentício e que pode crescer ou entrar no prejuízo a partir das escolhas de condução do jogador.
Trata-se de um simulador de empreendimento pessoal voltado a estimular o empreendedorismo, onde o jogador poderá desenvolver suas habilidades de gerenciamento por meio dos desafios apresentados pela administração do restaurante envolvendo questões logísticas e criatividade na elaboração dos produtos a serem oferecidos.

Quentinhas Telas

Telas do jogo

A tela de gameplay do jogo oferece os controles necessários para administrar o empreendimento, da cozinha às vendas do comércio. O resultado do jogo dependerá diretamente da forma como o jogador conduzirá suas decisões em várias frentes, como o atendimento aos clientes, o gerenciamento do estoque, ampliação do ambiente de trabalho e até as estratégias de marketing do negócio. Para ajudar no encaminhamento dos desafios, o jogador pode contar com o Sr. Auxílio, personagem que se apresenta como um consultor habilitado a ajudar em qualquer etapa do jogo. O game oferece oportunidades extras por meio da possibilidade de combinar ingredientes para criar novas receitas, que podem gerar bônus adicionais, motivando o jogador a perseguir novas metas.

Can Dungeonland Quentinhas

Can Game, Dungeonland e O Rei das Quentinhas: o vencedor do Prêmio Brasil Criativo e os concorrentes

A produção do jogo contou com a participação do programador Antonio Pedro Ferreira, do diretor de Arte Jansen Grizenti de Araújo e ilustrações de Uilson de Freitas Fernandes.
O game, que segue em produção com o apoio de amigos e familiares dos desenvolvedores de Salvador, foi semi-finalista do prêmio nacional Brasil Criativo de 2014 junto a outros projetos de destaque como Dungeonland, da Critical Studio, e Can Game, do estúdio Life Up, de Pernambuco, trabalho inovador voltado para o público autista que sagrou-se vencedor da premiação.

Outros detalhes do projeto podem ser acompanhados através do site O Rei das Quentinhas ou pelo email da produção, em game@oreidasquentinhas.com.br.

Sobre Kao Tokio
Editor de conteúdo do site Play'n'Biz - Pesquisador de novas mídias e entretenimento digital como linguagem e expressão da cultura contemporânea

Deixe um comentário

Seu e-mail não será publicado.


*



*